Três razões para usarmos o Kanban

  • 20
  • 6
  •  
  • 65

E aí, galera.

Nessa semana aconteceu o evento Lean Kanban Brazil 2017 (#LKBR2017) e foi um grande sucesso. O evento contou com a presença de, nada mais e nada menos que, David Anderson!! Quer saber como foi? Basta acessar a mini-entrevista que fizemos com alguns participantes aqui. Nossos parabéns para Rodrigo Yoshima pela organização do evento! 🙂

Inspirado por esse acontecimento incrível, decidimos falar mais sobre essa abordagem. Então, que tal listarmos três motivos para utilizarmos o Kanban? Vamos começar.

EVOLUCIONÁRIO

Diferente do Scrum, o Kanban tem um aspecto mais evolucionário. Ele vai evoluindo de acordo com o seu contexto. Deve-se mapear como funciona o seu sistema de trabalho e, a partir daí, você passa a ter visibilidade do que está acontecendo em todos as etapas. Ao ter essa visibilidade, você consegue identificar seus gargalos, suas demandas e capacidades.

Tendo em mente essa visão, você e seu time conseguem definir planos de ações para ir evoluindo.

Quando começar a utilizar o Kanban, o primeiro passo é sempre mapear o seu fluxo de trabalho atual. Já vi muitos times mapearem um fluxo que não condiz com as suas realidades, resultando em abandonar no meio do caminho por não fazer sentido para eles.
Outra dica muito importante: procure começar pelo seu Work In Progress (WIP), pois ele representa o seu status atual.

Por possuir essa característica, fica visível o poder de adaptabilidade que o Kanban tem, conseguindo aplicar em diversas áreas, tais como Recursos Humanos, Design, Gestão de Portfólio, entre outras.

FEEDBACK VISUAL

Com certeza, você já ouviu aquela frase:

Uma imagem vale mais do que mil palavras.

Seu quadro Kanban é um mapa e o maior benefício que podemos ter com isso é o alinhamento do entendimento do fluxo. Ou seja, quando o time olhar para o quadro, vai entender de forma clara e coletiva o que está acontecendo. Isso é conhecido como Shared Mental Model

Outra questão que levamos em consideração por ser visual, é que o Kanban serve para tangibilizar os resultados. E o que isso quer dizer? Você consegue tornar visível e palpável, pois você tem visibilidade de todo o seu fluxo (end-to-end), e não apenas o desenvolvimento.

Último ponto que destaco é que você consegue memorizar com muito mais facilidade. Nosso cérebro consegue processar e memorizar com mais rapidez e eficácia uma mensagem quando ela está em forma de imagem, pois isso faz com que criemos mais significado para essa mensagem.

SISTEMA PUXADO

Um dos princípios do Kanban é seu sistema puxado. Um ponto muito importante que isso resulta, é simplesmente, na diminuição de especialistas no time. Imagine a seguinte situação:

Nosso Kanban

Nosso Kanban

A segunda coluna, tem três itens e a terceira coluna não tem nenhuma. Vamos considerar que o limite máximo de itens na segunda coluna é de três itens. Ou seja, não podemos puxar nenhum item novo. O que você, como membro do time, faria? A primeira coisa a ser feita é olhar para todo o fluxo. Qual item está mais próximo de sair do fluxo? Isso mesmo, o item da quarta coluna. Então ele é o que você deve trabalhar.

O pensamento por trás do sistema puxado é manter o foco para tirar os itens do seu sistema. Não adianta começar algo novo, se ainda tem itens não finalizados. Simples, certo?

Diogo, quer dizer então que eu só preciso desenhar umas colunas pra falar que utilizo Kanban?  Calma!! Penso que para você ter êxito, você precisa conhecer os seus princípios.

Para ajudar a aprofundar seu caminho dentro dessa abordagem maravilhosa, recomendo algumas leituras:

Esses foram algumas razões que me vieram à cabeça enquanto pensava sobre o assunto. O que vocês acham? Quais outras razões vocês enxergam?

Um grande abraço,

Leave a Comment