Afinal, o que é DevOps?

  •  
  •  
  •  
  •  

Fala Galera!!

Hoje vamos falar um pouquinho sobre como surgiu esse termo na nossa era digital, muitas pessoas me perguntam o que é o DevOps.

É uma profissão? É uma técnica? É uma cultura? É o uso de determinadas ferramentas? É de comer?

Espero no fim dessa série de posts responder esses questionamentos.

Apesar de ser um termo muito comum no mercado atual, muitas pessoas ainda não sabem exatamente o que ele significa e um dos motivos é a inexistência de um GUIDEBOOK. Mas, vou explicar nesse post.

Primeiro temos que voltar a um passado não tão distante assim para entendermos sua origem.

Existem pistas de diversos lugares no mundo sobre a origem do termo DevOps, mas os relatos mais concretos surgiram no evento Agile 2008, onde começaram a usar o termo infraestrutura ágil em diversas discussões sobre desenvolvimento ágil e, durante esse mesmo evento, surgiram algumas conversas que abordavam o tema de metodologia ágil para administração de infraestrutura. Na época existia uma lista de discussão européia chamada de agile-sysadmin que abordou o tema com maior profundidade, eles ajudaram a iniciar a ponte entre os Developers e os Sysadmins.

O termo DevOps foi criado em 2009 durante a conferência Velocity da O`Reilly, onde John Allspaw e Paul Hammond realizaram uma apresentação de um trabalho feito na Flickr chamado 10+ Deploys per Day: Dev and Ops Cooperation.

Veja os slides aqui.

Patrick Debois que era entusiasta sobre o assunto e também fazia parte da agile-sysadmin. Viu essa apresentação, ficou muito animado com o que havia visto e teve a ideia de criar um encontro chamado DevOpsDay, que teve seu primeiro evento na Bélgica em 2009, a partir daí o evento se espalhou e os participantes começaram a disseminar o assunto pelo mundo.

DevOps é uma cultura e surgiu para eliminarmos aquela velha frase  “o problema não é meu”, vamos analisar a característica de cada área:

Desenvolvedores

Os desenvolvedores são responsáveis pela criatividade, inovação, novas funcionalidades da aplicação e quer implantar o mais rápido possível, eles estão focados em aumentar o valor do negócio.

Imagine o seguinte cenário:

  • O stakeholder descobre uma grande oportunidade de mercado, planeja e solicita para que seja feita essa nova funcionalidade e ela tem que ser entregue o mais rápido para não perder o tempo de mercado.
  • Os desenvolvedores estudam o caso e descobrem que vão ter que utilizar uma nova tecnologia para ter o impacto que o stakeholder deseja.
  • Eles desenvolvem tudo e na hora de implantar, encontra uma forte resistência da parte de operações para a devida implantação e ficam bloqueados.
Operações

Operações geralmente são responsáveis pela manutenção dos servidores, manter os ambientes estáveis e intactos, deploy e rollback das aplicações.

Imagine o seguinte cenário:

  • Sexta-feira às 17:30hrs.
  • Nesse horário surge uma atualização da aplicação para fazer, cujo era necessário a alteração de configuração do Sistema Operacional.
  • A aplicação por sua vez foi com um erro crítico no qual não foi identificado anteriormente e nenhum usuário consegue logar no sistema.
  • Após algumas horas de análise do problema, é definido que será feito rollback da aplicação.
  • Nisso eles ficaram até tarde ou, até mesmo, perderam o final de semana caso o problema tenha sido mais grave.

Por esses motivos operações tem um perfil mais conservador, quanto menos alterações tiver em ambiente produtivo melhor, eles estão focados em manter o valor do negócio

Nesses dois cenários fica visível a existência de um muro entre as áreas, um lado querendo evoluir o software e o outro querendo mante-lo no ar. Com isso, surge o DevOps para quebrar esse muro e construir uma ponte entre as áreas, buscando o aumento do valor de negócio sem perder a estabilidade do ambiente através dos cincos pilares abaixo conhecido como CALMS:

CALMS

CALMS

Como você pode perceber, DevOps foi baseado no manifesto ágil, onde todo o processo possui adaptações rápidas, maior entrega de valor para o cliente e é de suma importância que tentem explorar ao máximo esses cinco pilares para que se tenha maior eficácia com DevOps.  

Por hoje é só Galera!!

Showing 7 comments
  • Gustavo
    Responder

    Excelente!!!

    • Willian Resille
      Responder

      Obrigado!!

  • Gabriel Gaspar
    Responder

    Sensacional, ótimo post! Dá gosto de ver sua evolução, Resille. Parabéns!

    • Willian Resille
      Responder

      Obrigado!!!

  • Denis Pedro
    Responder

    Willian parabéns excelente post

    • Willian Resille
      Responder

      Obrigado!!!

  • Ricardo Henrique
    Responder

    Parabéns, cara. Sempre evoluindo!

Leave a Comment