Missão do time – Reflexão

  •  
  • 4
  •  
  • 10

Oi pessoal,

Juntar um bando de pessoas para trabalhar pode até parecer meio doloroso para alguns, outros nem tanto. Apesar de haver diversos modelos que ajudam a representar os momentos de formação de um time, não sei de fórmula mágica para fazer com que as pessoas de um time tenham sinergia cósmica imediata. Talvez alinhar os objetivos de todos para algo comum  pode ser um primeiro passo para os pensamentos divergentes se direcionarem para o mesmo alvo.

No livro de Lyssa Adkins, Coaching Agile Teams, ela ilustra algumas formas para definir a missão do time, trabalhando a expectativa para um time ser de alta performance e como o agile coach pode direcionar essa jornada para esse grupo de pessoas:

Then, give them[team] the raw materials they will use to create their own resonant definition of high performance—a vision that lets them imagine it and reach for it. Coach them to choose the next step on their path (and the next and the next), all the while staying aimed toward their inspirational vision of high performance. Create a sense of anticipation, expectancy, and excitement for this journey—first in yourself and then let it flow to them. Lead by believing. After all, if you don’t believe they can get to high performance, why should they?

Acreditar em algo em  pode ser o diferencial para criar o elo entre as pessoas do time. Fazer isso em passos pequenos  pode ser ótimo para validar se a direção que o time está seguindo, está de acordo ou não com a proposta inicial.

Para ajudar nisso, recomendo a utilização de metáforas nas dinâmicas de facilitação que já apresentamos ou nos livros que recomendamos aqui. Metáfora do grego “meta”-além- e “phorein” -transportar de um lugar para outro-  permite as pessoas transcenderem seu estado atual para o estado futuro, assim plantando um processo de mudança que será florescido a partir das ações estabelecidas para isso.

Recomendo o post do Diogo, ponte para o sucesso, como uma sugestão de metáfora para o time e relaciona a criação da ponte com valores que o time acredite ser importante para ele. Já pude participar de um time que utilizou o Elevator Picth para definir sua missão, foi bem interessante esse processo. Eu, sinceramente, estou bem interessada em utilizar algum descrito no livro da Lyssa, então, fico devendo essa roda, mas logo logo escrevo essa experiência. Como sempre falo para o time que estou trabalhando atualmente:

Se vocês não sabem para onde querem chegar, qualquer lugar é lucro e sem reclamações. Aonde vocês realmente desejam chegar como time?

Abraço

Leave a Comment