Cabo de Guerra: Impedimentos Vs. Time

  • 11
  • 4
  •  
  • 19

E aí, galera!

Quando pensamos em time, temos que ter em mente que estamos tratando de pessoas acima de tudo. Recentemente em meu time, percebi que passamos a semana sem muitas dificuldades e problemas. De certa forma, isso me preocupou.

Nosso contexto atualmente é: estamos realizando entregas semanalmente para nosso cliente e boa parte do time já realiza algumas boas práticas para desenvolver as features. Muito bom, certo? Porém, isso pode passar um falso positivo para todos. Será se já alcançamos a maturidade para não termos mais problemas? Ou estamos mascarando os problemas que acontecem? Talvez, se levarmos em consideração o modelo de Tuckman, tenhamos entrado na fase de norming ou performing? Essas eram algumas das dúvidas que pairavam em minha cabeça e que foram me incomodando muito até o momento da retrospectiva.

Considerando nosso contexto, tive o insight sobre como abordar essas questões e ter um overview sobre o que aconteceu no time durante a semana. Utilizei a dinâmica do cabo de guerra.

Dinâmica do cabo de guerra.

Dinâmica do cabo de guerra.

Como Funciona?

numero-1

Primeiramente, coloquei no quadro dois times: de um lado o meu time e do outro os impedimentos.

numero-2

Falei sobre minha percepção do que ocorreu durante a semana, o que estava me incomodando e definimos um contexto para falarmos sobre, ou seja, a semana a que me referi.

numero-3

Em seguida, pedi para que o time escrevesse as coisas que funcionaram bem naquela semana e colocassem do lado do time. Utilizei o timebox de cinco minutos.

numero-4

Após isso, pedi para que o time escrevesse os impedimentos e os problemas que ocorreram durante a semana. Também utilizei o timebox de cinco minutos.

numero-5

Agrupei os post-its para facilitar a conversa

numero-6

Durante a conversa, o time falava sobre o problema em questão, levantava os planos de ações/experimentos, anotavamos em um post-it e colocavamos em uma área separada.

numero-7

Por fim, contabilizei a quantidade de post-it em cada time. Nosso time teve nove e o time de impedimentos teve sete post-its.

Como vocês puderam ver, minha equipe ganhou por pouco. Apesar de ser uma semana, relativamente tranquila, tivemos uma quantidade relevante de “impedimentos/problemas”. Além da dinâmica, iniciei a retrospectiva com o happiness radar para ter a percepção sobre o sentimento do time em relação a alguns aspectos.

Portanto, fique sempre de olho no que está acontecendo no seu time. Às vezes situações muito boas, podem mascarar problemas. Identificá-los é essencial para a sobrevivência do time.

Espero que essa dinâmica possa ajudar vocês.

Daí levanto a pergunta, como posso melhorá-la?

Grande Abraço.

Leave a Comment