No clima de samba.. ops SGRIO 2016

  •  
  •  
  •  
  •  

E aí, pessoal!
No último fim de semana, o Rio de Janeiro recebeu mais uma vez o Scrum Gathering 2016 (como adoramos siglas também conhecido por SGRio 2016). Mais um excelente evento para fazer networking com a comunidade ágil e ver palestras superinteressantes. Além de ter a oportunidade de debater assuntos diversos, desafios e dúvidas nos chamados Open Spaces e Coach Clinics. O Agile.Pub acompanhou de longe a agitação do Rio e convidamos os nossos novos amigos que estiveram por lá para compartilhar a experiência do SGRio 2016. Confira!

Samuel Cavalcante

Agile Coach e facilitador de times ágeis. Formado em Engenharia da Computação, apaixonado por comunidades e pessoas.
Blog

Mariana Graf

People na Taller, atuante em comunidades como Agile Floripa, Agile Trends e Agile BR. Cientista Social com MBA em Gestão de Pessoas que ama trabalhar com gente, cultura ágil e café.
Blog

Ayrton Araújo

Consultor de aleatoriedades na ThoughtWorks e Agile Coach para os mais chegados. Focado em quebrar silos e na Cultura de DevOps.
Blog

Quanto tempo você está envolvido(a) no mundo ágil?

Há aproximadamente 4,5 anos, quando desenvolvi um projeto educacional, chamado fábrica de Software do SENAC/MS. Logo após a formação da primeira turma em 2013 entrei na DígithoBrasil como Scrum Master.

Há cerca de 2 anos e meio. Conheci o ágil através de amigos e vi na agilidade a cultura que eu gostaria de trabalhar com relação às pessoas. Desde então fui voluntária dos maiores eventos do Brasil e hoje atuo nos comitês de organização. Pauto todo o meu trabalho com relação à cultura e pessoas nos valores e mindset ágil e escrevo uma série de posts sobre o assunto no blog da Taller onde compartilho as experiências que conduzo por aqui.

4 anos de envolvimento contínuo, mas fazendo scrumbut desde 2007.

O que achou do evento? O que te chamou mais atenção?

Sou suspeito de falar, pois estive neste evento como um dos facilitadores do time de voluntários do evento. Não consegui assistir palestras, mas o que vi, um dos melhores networks, o coach clinic lotou (não via coach parado) e como sempre tivemos ótimas discussões no Open Space algumas inclusive acaloradas, que geraram grandes aprendizados para todos os presentes.
[O que chamou mais atenção foram ] o coach clinic e os Opens Spaces.

Achei ótimo! Percebi um pessoal super engajado e aberto para aprender e compartilhar. Tive a satisfação de palestrar sobre a importância da transparência na cultura ágil com um retorno mega positivo, o que me deixa extremamente feliz em ver que o pessoal tem identificado que mudanças no mindset são necessárias e que trilhamos cada vez mais um caminho focado em valorizar os indivíduos e potencializar o trabalho e a vida de qualidade. Os organizadores e voluntários foram extremamente solícitos e empolgados, o que contagia os conferencistas.

Eu vou sempre pra ajudar nos coach clinics, então acabo investindo muito tempo nisso. Ouvir as histórias de várias pessoas e poder contribuir com a tragetória de cada um que chega perto é o que mais me motiva. Mas tento separar um tempinho para algumas palestras.

Para qual palestrante você pagaria uma caixinha da sua cerveja preferida? Por quê?

Não assisti palestras, fiquei mais trabalhando. Mas pagaria para a equipe que puxa o evento.

A Érica Briones falou sobre inovação e como a nossa cultura não está preparada para as pessoas e processos criativos. Gosto como ela se apresenta de forma apaixonada, trazendo ótimas reflexões e questionamentos. O Daniel Teixeira apresentou uma talk super importante sobre relações abusivas dentro dos ambientes de trabalho, suas causas e consequências e abriu sua experiência de maneira muito tocante. Só pode escolher um? rsrs Cheers ao Daniel com uma Baden Baden Red Ale e suco de laranja pra Érica que, se eu não me engano, não curte bebida alcoólica.

O Daniel Teixeira, com certeza. Merece um whisky 15 anos single malte glenfiddich. Ele fez uma palestra bem tocante sobre climas pesados em organizações.

Já tem plano para voltar ano que vem? Como palestrante ou participante? Quem você desafia ir ano que vem como palestrante?

Sim. Palestrante e Coach. Desafio o Samuel Crescêncio e/ou João Reis.

Com certeza! Pretendo voltar como palestrante, a galera do Rio é muito receptiva! Desafio o Caio Cestari que tem um conhecimento incrível e o Rafael Caceres para falar de Fluxo Único.

Pretendo voltar ano que vem como palestrante, mas ainda vamos pensar qual vai ser o talk da vez. Mas certamente estarei pelo coach clinics escutando os problemas existências de qualquer um que precise de ajuda.

Desafio Jana Pereira do Agile.pub  (Fundo de batalha de Pokémon)

E.. acabou. Agradecemos muito a participação dos nossos entrevistados.  Podemos perceber que como voluntário, palestrante ou mesmo participante, você tem muito a ganhar, seja em conhecimento ou conhecer novos amigos. Vocês viram a agenda que teve no SGRIO 2016? Não!? Veja a agenda, lá já tem o link para algumas apresentações realizadas.

Parabéns aos organizadores por mais um ano de empenho e de excelentes resultados.

@Ayrton, desafio aceito!

Até a próxima !

Showing 3 comments
  • Caio Cestari
    Responder

    Desafio ACEITO, Mari 🙂 2017, Scrum Gathering Rio, aguarde minha submissão! (Ainda não sei sobre exatamente o que, mas com certeza o tópico vai emergir ao longo da jornada até a conferêncIa :P)

  • Ayrton Araújo
    Responder

    Jana não colocou mas desafiei ela própria a palestrar no ano que vem ;x

    • Jana Pereira
      Responder

      Challenge accepted!

Leave a Comment