Assunto Para HappyHour – MVP

  •  
  •  
  •  
  •  

Olá, pessoal,

Esse foi o nosso primeiro MVP,ops Happy Hour realizado em 28/02/16. Uma conversa descontraída sobre MVP, contando o que é o MVP (Minimum Value Product), como o conhecemos e como o fazemos. E por que não, dicas de cerveja. (tim tim) 😉

Tivemos a participação de  Alexandre Amorim, Carlo Mar, Diogo Riker e Jana Pereira. Todos entusiastas e/ou praticantes do MVP.

Em geral, falamos sobre a relação do MVP com o Lean Startup e Design Thinking. E como o Paulo Caroli, o criador da técnica e do livro Direto ao Ponto, conseguiu simplificar todos esses conceitos com o objetivo de alinhar o entendimento sobre o produto e maximizar o resultados de valor para o cliente.

O destaque do Happy Hour foram as experiências reportadas sobre o uso do MVP.

No caso do Carlos Mar, ele falou  sobre sua experiência com o MVP na FPF Tech (chamada carinhosamente como Fundação pelos participantes), usado para gerenciar expectativas de escopo fechado. Ele conta que também vê o lado científico do MVP, além da influência do Lean Startup. Em sua visão, o MVP não é só criar um produto, mas também criar um negócio de maneira sustentável de forma experimental.

Alexandre Amorim adiciona que o MVP pode ser utilizado em vários escopos e a possibilidade de trazer para a indústria o que a academia já faz com uma “pegada ágil”. Ele explica que a técnica envolve muita simplificação, experimentação e medição. Alexandre ressalta a diferença entre Produto Mínimo e Mínimo Produto VIÁVEL. Destaco o seu relato sobre o uso do MVP em um produto pessoal e como contribuir para alinhar o conceito do produto e ver o potencial que o produto pode ter.

Diogo Riker trouxe a relação do Lean Startup e Design Thinking e Agile UX que conceitua a ideia de poder validar a ideia, hipótese o quanto antes.

Todos concordam que o MVP não é bala de prata, é uma questão cultural para poder ser implementado. Tanto que Carlos relembra de projetos que ele aplicou a técnica e não foi bem sucedido.

Falamos sobre o Elevator Speech, E/Não é/Faz/Não Faz, Objetivo do Produto, Criação de Personas, com dicas e experiências sobre cada fase.  E por fim, um geral de dicas, dificuldades e benefícios sobre a técnica.

Alguns links que foram citados durante a transmissão: Livro que descreve o Elevator PitchSite ensinando várias técnicas de facilitação,  Modelos para construção de personas 1
Modelos para construção de personas 2.

O Alexandre Amorim convida todos para o evento Encosis 2016 , no qual ele ministrará o minicurso “Aprendendo MVP” a ser realizado em 02 a 04 de junho/2016. Agile.Pub também estará lá. Participem!

Você quer sugerir algum tema para um happy hour?

Comente pelo facebook, twitter, trello, comentários que faremos o quanto antes.

Eu gostei, estou ansiosa para o próximo Happy Hour que será dia 23/04/2016. (já selecionei a minha cerveja)

Abraços

Showing 3 comments
  • Glaucio
    Responder

    Parabéns a todos muito bom, bem rico em conteúdo. Só não vi a cerveja 😛
    Nos próximos Hangouts, uma dica seria enviar um convite via google+ ou facebook para acompanharmos ao vivo e fazer perguntas.

    Abs,

    ps. No link para do site http://www.funretrospective.com/ falta um S no final.

    • Diogo Riker
      Responder

      Valeu pelo feedback, Gláucio!

      Esse hangout foi ao vivo sim. Mas claro, tem muitas melhorias :). O próximo vai ser bem melhor!

      Ja ajeitamos o link. Valeu!!

pingbacks / trackbacks
  • […] Já a visão do produto, apesar de não fazer parte do scrum, é um elemento muito importante para todos os envolvidos do projetos, pois é ela que vai apontar o direcionamento certo para onde o projeto deve seguir. Deve ser criada no início do projeto, com a presença de todos os stakeholders. Normalmente utiliza-se o template de elevator pitch, muito utilizado também no MVP: […]

Leave a Comment